Distúrbio de saúde mental caracterizado por sentimentos de preocupação, ansiedade ou medo que são fortes o bastante para interferir nas atividades diárias.

Fobia é o medo, o temor ou aversão exagerada ante à situações, objetos, animais e lugares. Por exemplo: medo de altura, andar de avião ou elevador, medo de vomitar, contrair uma doença, medo de sangue ou injeção, medo de dirigir, medo de animais (borboleta, barata, aranha, cobra, sapo, etc), medo de trovoadas e entre outras. As fobias exageradas fazem parte dos transtornos de ANSIEDADE.

Principais Sintomas:

– Sintomas Neurovegetativos (Sistema Nervoso Autônomo): Sudorese, falta de ar, taquicardia, boca seca, palidez ou rubor, mãos úmidas, tremores de extremidade;
– Sintomas Psicossomáticos: Cefaléia, tontura ou vertigem, vômitos, enjoou, gastrite, colite, prurido ou urticária, queda de cabelo, tensão e dores musculares, dificuldades para dormir e relaxar;
– Sintomas Conversisvos: Tontura ou vertigem, paralisias, perda da voz, desmaios e crises conversivas.

Tratamento:

O tratamento é feito com psicólogo: psicoterapia (para tratar a causa, a raiz da ansiedade) e com psiquiatra: medicamentos (para tratar os sintomas).
Os medicamentos usados para o tratamento são os ansiolíticos (benzodiazepínicos) e os antidepressivos. É sempre importante que o paciente consulte um médico, pois esses medicamentos são controlados e precisam de receita.

Transtornos associados:

– Stress;
– Stress pós-traumático;
– Fobias;
– Síndrome do Pânico;
– TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo;
– Anorexia Nervosa.